“Eu NÃO votei no Bolsonaro”, diz Djavan ao detonar presidente nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Djavan surpreendeu os seguidores, na quarta-feira, ao quebrar o silêncio sobre o que pensa do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), eleito em 2018. O cantor e compositor, que foi homenageado pela banda Melim recentemente, deixou claro que não apoia o atual governo, que denomina como ‘errático’.

“Em 2018, tentaram me associar a esse governo por eu ter dito em entrevista que tinha esperança no futuro do Brasil. O futuro, para mim, pertence ao povo que sempre poderá buscar – nas ruas e nas urnas – as transformações sociais que farão do Brasil um país livre e próspero. Depois de dizer algumas vezes que aquilo era mentira, eu percebi que de nada adiantaria: o desmentido na internet tem efeito contrário, coloca a mentira em evidência”, começou o artista de 72 anos.“Tenho décadas de vida pública e uma longa carreira, e quem me conhece sabe dos meus posicionamentos sobre política, problemas sociais, culturais, raciais, homofobia, xenofobia etc. Por isso, é impossível haver qualquer compatibilidade entre mim e um governo errático, que tem atuado na contramão da ciência e que, sempre que pode, demonstra seu desprezo pela democracia. Não tem cabimento”, prosseguiu.

“Eu NÃO votei no Bolsonaro e NÃO apoio o seu governo”, finalizou ele, que se une a diversas outras figuras públicas que se posicionaram contra o governo, como Anitta e Ivete Sangalo.

Posts Relaciondos